LOGO-DO-MEMORIA-&-ARTE.png

© 2019 Memória & Arte. Todos os direitos reservados.

MAZZONI, Vanilda Salignac de Sousa

Arquivo 37: a história das monjas beneditinas no Brasil

Ilhéus: [Memória e Arte]; Editus, 2010. 112 p. 

A vida religiosa feminina tem uma importância ímpar na história do Brasil, pois as Irmandades e Ordens estiveram presentes prestando auxílio na área médica, social e pedagógica. Ainda que sua presença fosse tardia em relação aos religiosos masculinos (justificada pelos interesses da Colônia) houve uma contribuição efetiva na construção do pensamento feminino no país. Pronto. Estava definido o tema de estudo. Necessitava-se, então, decidir o viés da pesquisa sobre a mulher, e o escolhido foi a Ordem Beneditina feminina. Após as primeiras leituras do Livro das monjas, algumas inquietações para compreensão da vida das mulheres neste ambiente religioso foram surgindo: A Regra dos Mosteiros é conhecida por seu rigor na dedicação das orações e do claustro para o conhecimento interior, tal rigor seria o mesmo quando se trata da regra das monjas? Qual a diferença da vida entre o mosteiro feminino e o masculino? Sabe-se que os mosteiros foram centros difusores de cultura e monopólio de ensino pedagógico, haja vista seus acervos bibliográficos, mobiliário, por que os mosteiros femininos se dedicaram à função feminina de assistência social? Seria verdade que, ao contrário de outras congregações religiosas, os mosteiros beneditinos só aceitavam mulheres em sua congregação que apresentassem vocação religiosa? O que as levou a entrar na Ordem? E hoje, como elas vivem? O que pensam das conquistas femininas na contemporaneidade? Como o mundo laico é visto por elas? Busquei responder a todos esses questionamentos durante a pesquisa. Com este estudo a autora pretendeu dar maior visibilidade às mulheres religiosas na Ordem Beneditina através da circulação de informações documentais de grande relevância e interesse para os estudos de gênero no Brasil, uma vez que traz à cena verdades poucas vezes reveladas pelas protagonistas dessa vida tão cheia de mistérios e encantos, e, com isso, preencher mais uma lacuna na história das mulheres no Brasil. Desta forma, esta obra interessa a variadas áreas, como: história, letras, estudos de gênero, literatura, biblioteconomia, teologia, entre outras.